28 agosto 2009

numa mesa redonda, 6 executivos discursam longamente sobre as alegrias e desgraças de seus novos "blackberrys". um deles revela que leva o brinquedinho para a cama e, que na eventualidade de ser asseadiado por sua esposa, dá preferência ao novo brinquedo. o mesmo senhor comenta (com falsa naturalidade) que esteve em um "resort" nos States e que proibiram a entrada do aparelhinho alegando que seria um local de descanso. a expressão dele era de total pânico ao relatar que o tinham separado tão brutalmente de seu "bichinho virtual" tudo isso sob um figurino a la "donald trump".

deslocada, cansada, desolada, equilibrando-me em cima de um maldito salto agulha, tento driblar a tontura da pré-inanição assistindo atônita a tudo isso...e enfim chego ao meu limite. também fantasiada de "gente importantíssima e ocupadíssima" refugio-me no ambiente meio escuro do restaurante do hotel e ao som de música ao vivo permito-me ao carpaccio mais caro da minha existência. 3 pedaços de um parmesão duro, 2 folhas de rúcula e um fundo quase transparente de carne vermelha boiam nos meus tão riquinhos 56 reais.

cé la vie.

como costume dizer...ainda não tenho dinheiro, mas já estou treinando o comportamento!

5 comentários:

Mågø Mër£Îm disse...

As vezes nos deparamos com certas coisas tão sem cabimento... como a importancia do bendito ou maldito aparelho em questão... rs Ah... adoro carpaccio rs

Juan Carlo Moravagine disse...

Gostei muito. Mas ainda estou absorvendo.
Beijos

du disse...

.experiências válidas, pequenas, reais, significantes ou não....se demonstram algo, uma lição, uma verdade, uma piada decifrada, é o que importa...

.abraço

Jaqueline Lima disse...

apesar de eu achar que dinheiro não é tudo. confesso que ainda sim ele possui relativa importÂncia...por isso é bom estar sempre preparada pra ser chic!

beijos!

Ciça Lize disse...

E pode apostar amiga as vezes ter o comportamento é tão importante quanto ter o dinheiro,kakakakaka!!!

Essa casinha é na verdade um recanto de pensamentos, adorei!!
bjs