10 fevereiro 2010

"Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir, para não enfrentar
sorri para não chorar.

Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falei

Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo."

(Marta Medeiros)

7 comentários:

Old Bird disse...

..e continuo sempre aprendendo e
vivendo...
BOM DIA!!!
tenho acompnahado fielmete seus post.
té mais!!

Tiburciana disse...

è bem assim que me sentia até ontem .
Pois sou uma nova mulher
bjos

Erika Ermellym disse...

Oiee saudade de vc!

Voltei espero ter maiscontato com você ...


BJuss

Paulo Braccini disse...

e quem não passa por isto né? o arrependimento pelo não feito, pelo não vivido ... enfim ... é hora de iniciarmos o rompimento deste ciclo ... viver ... viver ... viver plenamente ... sem amarras ...

bjux

;-)

Érica disse...

Isso é tão.. EU. Sempre preciso de uma dose extra de ânimo pra tentar, quase sempre me esforço um pouco mais pra não fugir, e sempre estou rindo pra não chorar...
Sinto pelas coisas, mas tento mudar.
É tudo tão verdade, tão humano.

Beijos flor!

Juan Moravagine Carneiro disse...

Senti na pele o que é ter medo de arriscar, de falar o que se sente...e quando a oportunidade se vai percebemos o quanto faz falta certo olhar...

Felipe A. Carriço disse...

Cantado não seria bom, seria excelente!