18 março 2010

“De que modo vou abrir a janela, se não for doida?
Como a fecharei, se não for santa?”

Marta Medeiros

6 comentários:

Mai disse...

Sejamos ambíguas e sábias, nas horas de abrir, abrir. E depois, quando tudo estiver em estado de graça, que sejam feitas as vontades. Abraços

Lelli Ramz disse...

E como será nosso comportamento entre o abrir e o fechar?

bjos adorei!

Lelli

Juan Moravagine Carneiro disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Luna Sanchez disse...

Que lindo o cabeçalho novo! ^^

ℓυηα

Sentimental ♥ disse...

na dúvida?
liga o ar condicionado...

Daniele.. disse...

É só deixar a porta aberta!! rsrs.

Beijo Mariah.