15 março 2010

"só ele permanece imutável,
o silêncio, a ante-sal do fim."
(marta medeiros)

9 comentários:

Mai disse...

Há um silêncio que é um estrondo, ai da morte quando ele se aloja.

beijo, boa semana!

Érica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Érica disse...

Este aforismo coube a mim.

Beijos

Daniele.. disse...

Silêncio vale mais que mil palavras..

Nada como ele!
Beijo!

Tata disse...

arrisco dizer que nem ele, viu? e isso também é maravilha.

Juan Moravagine Carneiro disse...

O silêncio também deixa suas marcas.

Anônimo disse...

Hello,nice post thanks for sharing?. I just joined and I am going to catch up by reading for a while. I hope I can join in soon.

Menina Misteriosa disse...

às vezes, nem ele.

Tiburciana disse...

Amo essa musicaaaa
bjos