04 março 2010

"Use-se para conseguir uma passagem para a Patagônia, use-se para fazer amigos, use-se para evoluir.
Use seus olhos para ler, chorar, reter cenas vistas e vividas – a memória e a emoção vêm muito do olho. Use os ouvidos para escutar boa música, estímulos e o silêncio mais completo.
Use as pernas para pedalar, escalar, levantar da cama, ir aonde quiser.
Seus dedos para pedir carona, escrever poemas, apontar distâncias.
Sua boca pra sorrir, sua barriga para gerar filhos, seus seios para amamentar, seus braços para trabalhar, sua alma para preencher-se, seu cérebro para não morrer em vida."

Martha Medeiros

10 comentários:

Marcelo Mayer disse...

teu blog se torna cada dia mais uma satisfação de ler. há vida inteligente na blogsfera

Juan Moravagine Carneiro disse...

Use as pernas para pedalar, escalar, levantar da cama, ir aonde quiser...acho que eu devia prestar mais atenção nestes detalhes!

Mai disse...

Bom reler a Martha por aqui.
Você é seletiva no que lê e naquilo que veicula.

Lucão disse...

Que coisa boa, Mariah! Bom que gostou! :)
Fique à vontade que a felicidade fica comigo rs
:P

beijos bicudos! :

Moonlight disse...

Querida Mariah,

Como diz a escrito dá para usar tudo em nós com sabedoria e aí tudo será bem utilizado.
Realmente existe muita gente que simplesmente deixou de usar o cerebro e se deixa morre em sua própia vida.

Bjinho cheio de luar

Old Bird disse...

e mais um pouco de Martha...muito bom!

engraçado, esse texto incita justamente o contrario do que o que escrevi hoje a tarde, depois de tomar uns copos de Bohemia Weiss...
Acho que rolou um link às avessas do proemintente acaso de ideias.

e sim, existem olhos que valem um indeterminado esforço.(em responta)

então.... Boa noite!
rsrsr

até o proximo!

Fernanda disse...

enfim é preciso usar o corpo,cada celula,para se viver feliz=)

Sentimental ♥ disse...

a partir de hj vou me usar mais... :)
obrigada.
bjs

Ana Carvalho disse...

que espírito aventureiro!!!
=]

http://laislabonitta.blogspot.com/

Felipe A. Carriço disse...

Onde repomos o estoque? Rs!

Para este texto digo amém.