28 abril 2008

Pietá no PS

(La Pietá - Michelângelo - 1498)
Ela, tal qual uma Pietá resignada, canta para ele com voz celeste, uma canção de carinho e de alento.
Juan tem 10 anos, 37 quilos;
o corpo significativamente comprometido pela paralisia cerebral.
Tem longos cílios e o olhar mais doce do mundo.
Juan observa-a...e acalma-se.
Ela não se queixava do desconforto ou cansaço.
Ela não repreende seu murmúrio constante...
apenas o olha nos olhos e canta sublime.
Ela não tem nos olhos a ansiedade da mãe
que exibe as primeiras proezas do filho...
"ele não conhecerá as dores do mundo...
ele é um anjo que Deus me mandou de presente."

7 comentários:

Sabrina disse...

isso tudo dói demais em mim... não sei nem comentar.
Que fiquem com Deus!

Renata disse...

É, bonito texto, mas triste história...
Beijos.

Camilinha disse...

Que lindo texto, este seu!
É alguma história real? Imagino que existam algumas delas, sim. Talvez não tão poéticas. Talvez cheias de dor e angústias...

Me faz repensar o que é ser mãe. O que é ser filho.

parabéns..

beijos daqui...

Pavón disse...

Uauuuuu..... OLhando a foto e lendo o texto, parece que consigo ver o olhar de Juan e dela...
Arte sublime, pintada com palavras geniais....

Beijo!!

{Patty} Menina mãe! disse...

Oi Mariah?que belo texto porém um pouco triste né?? vc que fez?
Bjs!

Pavón disse...

Não conseguiste, mas agora já podes...

E-mail
rubertonunes@gmail.com
msn
betoons@hotmail.com

=))

Beijo!!

Mariah disse...

camilinha.
não consigo responder a seus comentários...deixa o endereço do blog.
mariah