28 maio 2008

Preciosa pedrinha de Infinito

"Onde se encontra a beleza? Nas grandes coisas que, como as outras, estão condenadas a morrer, ou nas pequenas que, sem nada pretender, sabem incrustar no instante uma preciosa pedrinha de infinito?" (A elegância do ouriço...)

14 comentários:

Kelly Jessie disse...

"Mas o valor de uma coisa não está na vontade de cada um. A sua estima e dignidade vem tanto do seu valor real, intrísceco, como da opinião daquele que a tomou" (Shakespeare)

Bjs Mariah.

Kelly Jessie

R. disse...

Já disse David Aames em um dos meus filmes favoritos: "the little things... there's nothing bigger, is there?"

né?

Juan Carlo Moravagin disse...

Saudades II

Mr. Fart disse...

Lindo! Que dizer?

Pedro Favaro disse...

Lindo(2)

Pedro disse...

Concordo com a frase que diz que "a beleza está nos olhos de quem vê".

Jana disse...

A beleza esta nos olhos de quem vê.


beijos

Ana Luisa disse...

Boa pergunta.
Sou contra alguns conceitos de beleza que imperam hoje em dia. O "ser bonito" vai além do fruto de um pai arquiteto e uma mãe artista plástica. Ainda afirmo que caráter pesa muito mais..claro que um rostinho bonito é deveras agradável aos olhos, mas o malcaratismo de alguns lindinhos inoja qualquer indivíduo.

Bjoks.

PS. Estava com saudades de vc.

Bel Gasparotto disse...

Lembrei daquela música do Zeca Baleiro...

Mundo velho
E decadente mundo
Ainda não aprendeu
A admirar a beleza
A verdadeira beleza



Bjs!

Carmim disse...

Conforta-me a ideia de que os instantes/pessoas belas são intemporais e infinitas aos olhos de quem as vê.

Um beijo.

doloridocolorido disse...

"Beleza são coisas acesas por dento
trsitezas são belezas apagadas pelo sofrimento..."

Pavón disse...

Sempre imaginamos que as grandes são de maior beleza, devido ao seu tamanho... afinal, ignoramos a condenação de morte. Porem, as pequenas geralmente nos surpreendem e se tornam gigantescas aos nossos olhos, como se estivessem esconddendo o ouro apenas para nos mostrar...
São como tesouros, que nos encontram sem que quisessemos, como presentes incriveis...
Ai, aii... preciosas pedrinhas de infinito!! =))

Beijoss

PS: Pelo jeito, essas madrugadas foram muito frutiferas acompanhadas deste "ouriço"...=)

Bianca disse...

Mariah...
LINDO demais...
Bjs
Bi

du disse...

.muitas vezes subvaloriza-se o que é de praxe considerado menor.

.e a partir desse erro, cabe aos desafiados, a calmaria do que é seguro ou o risco pela surpresa.

.eu prefiro decepções entre alguns sorrisos do que a ambígua face da mesmice envolta pela impressão de "tranquilidade".

.beijo.

.