09 junho 2008

Desejos...

"Somos incapazes de parar de desejar.... Mas é tão extenuante desejar..." (lembrando A Elegância...)."
Quero um momento de tranqüila solidão no fim do dia. Uma taça de vinho tinto na temperatura. Alguns pensamentos e o sentimento edificante do dever cumprido.
Quero silêncio e uma música mundial tocando ao fundo. Quero um livro, uma história, um persongem que me faça companhia...que viva pra sempre na minha memória.
Tenho tanta coisa...quero tanto mais!

10 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Tb quero... rs


Beijos

DOCESDEVANEIOS disse...

oi guria...to escrevendo uma novelinha, passa la no cafe pra dar uma olhada..bj

Mike disse...

querendo um momento... para dividir uma história, uma música, um olhar cheio de palavras nunca pronunciadas.

querendo uma tranquila solidão no fim do dia... para ser preenchida por um abraço, duas, três, quatro, sete, oito mãos a tocar a pele e acariciar os lábios... de quem deseja, de quem está sempre pronta para entregar-se ao desejo... e ao momento de tranquila solidão.

abraços

Vanessa disse...

Ouça, a moment to myself, de Macy Gray.

Sandra disse...

E mais... e mais! Sempre queremos mais!!!
bju Mariah,

Gracyelly disse...

Desejos bons esses seus hein?

du disse...

.sou muito mais viver a extenuante, consumidora, inquieta vida de desejos do que a eterna calmaria do contentamento.

.qual a vantagem de cessar os desejos? por que abrir mão dos sentimentos díspares, loucos, extremos? qual a razão de viver em linha reta se o caminho tortuoso, cheio de curvas reserva supresas para a vida?

.eu quero este cansaço. o estresse. os extenuantes dias. porque só a partir deles minha felicidade sobreviverá.

.abraço.

dZ disse...

nem gostei da estampa :P

Grazielle disse...

Parece que a blogsfera está cheia de quereres... ou os seres humanos são "queredores" natos!
Acho que é isso! No dia que a gente parar de querer não há razão para a vida (dejá vu) já comentei algo parecido no "Mineiras, UAI"

Mr. Fart disse...

Eu acho mesmo que é isso a manter a vida das pessoas: é como se n'alma buscássemos atravessar o Mar Vermelho e a sempiterna fuga para Canaã, e isso tudo (desejos insatisfeitos, porque talvez não factíveis) nos esgotasse...
Não sei se consegui dizer o que queria... hahahahaha!
Abraço forte!