14 julho 2008

"A indústria oferece soluções para qualquer tipo de problema e para todos os tipos de bolso: receitas para o sucesso nas prateleiras das livrarias; pílulas da felicidade na farmácia da esquina; o corpo dos sonhos em troca de cheques a perder de vista. Bem vindos. Esses são os tempos da perfeição de massa, onde os defeitos são vistos como erros da natureza que podem ser corrigidos, deletados, deixados para trás. Dentes desalinhados e pés chatos, olhar estrábico e orelhas de abano, escoliose e miopia, verrugas salientes e septos desviados são coisas do passado.
O corpo deixa de ser determinado e pass a ser inventado.
Corremos o risco de deixar de ser aquilo que somos para nos transformarmos em um corpo sem marcas, sem história, sem humores.
Porque pode ser nos defeitos que você insiste em esconder que se expresse sua personalidade. A imperfeição rejeitada por ser sua marca registrada, aquela que faz com que você seja reconhecido e lembrado. Anular as imperfeições é como matar as diferenças.
De que adiantam dentes artificialmente brancos numa boca que não ri?
Ponha uma flor nos seus cabelos crespos, enfeite sua miopia com óculos coloridos. Use sua preguiça como antídoto contra o estresse que paira no escritório, sua rigidez para superar um momento difícil e sua gargalhada estridente para quebrar o gelo."
(Elisa Correa - Vida Simples)

8 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Belo texto! Com grandes verdades!

Rico B. disse...

sou assinante de vida simples. sempre me dou uns cascudos por causa de textos que mostram que eu sei o que é correto pra mim, mas insisto na outra mão. muito bacana! ah! e em tempo, estou linkando vc. deveria ter feito isso antes. bjo.

Sir Fart disse...

Integralmente de acordo. Se nos assumíssemos como somos, creio, a vida seria bem outra...
Abraços!

Pedro Favaro disse...

Minha maior vontade.
Realmente tornar meus "defeitos" em armas contra outros "defeitos" do mundo.

bj

ps: and I`m back, babe!

Sandra disse...

Bacana o texto Mariah! De que vale usar uma mascára se o melhor está dentro de nós mesmos!
bjus,

Ana Luisa disse...

"Maquiagem" engana a nós mesmos...rs. Mudança de comportamento e aceitação...são as palavras.

Bjok.

Gracyelly disse...

Meus óculos são coloridos!!!!

Ana Paula Siqueira disse...

eu adorei isso!!!!
Tenho diastema (me identifiquei com a foto hehe) e sempre me dizem para colocar aparelho para juntar meus dentes. Tenho sardas e sempre me dizem para procurar uma esteticista para clareá-las. Tenho cabelos anelados e sempre me perguntam por que não faço "escova".
Está aí a resposta: "A imperfeição rejeitada pode ser sua marca registrada, aquela que faz com que você seja reconhecido e lembrado. Anular as imperfeições é como matar as diferenças."
Adorei!! A-D-O-R-E-I!!
E desde quando minhas carcteríticas são imperfeições??? rsrsrs São minhas características, uai! rsrs
primeira visita e adorei seu blog..