22 novembro 2009

repostagem... Ainda ontém a vó escolheu o feijão na mesa da cozinha de azulejos amarelos enquanto moeu o pão torrado em farinha. A mãe fez um bolo de noiva do tamanho de uma porta e os enfeitou-o com mágicas fitas de coco. Ainda ontem o vô gigante andou as voltas com latas de tinta e cimento, dias e dias a construir uma nova parede. Ainda ontem subimos na cerejeira e deixamos que ela manchasse nossas roupas. Ainda ontem comi torradas de pão francês com geléia de morango. Ainda ontem furei minhas orelhas e virei mocinha. Ainda ontem colei bolinhas de papel crepom no desenho da coruja. Voei pendurada no salgueiro do pátio da escola. Ainda ontem sujei minhas mãos tentando prender a corrente da bicicleta azul. Ainda ontem escrevi uma carta jurando amizade eterna para minhas melhores amigas. Ainda ontem brinquei com os primos atravessando o portão secreto que une os dois quintais. Ainda ontem chegou em casa o primeiro aparelho de telefone. Ainda ontem me tranquei com a prima no quarto verde e prendi meu dedo no balanço. Ainda ontem sonhava em ser arquiteta, fotógrafa e filósofa. Descobri que meu pai não era o super homem e que eu não queria ser minha mãe quando crescesse. Ainda ontem nossa casa tinha apenas um banheiro, papel de parede com flores e carpete marrom. No quarto da mãe tinha um espelho mágico e gigante. Ainda ontem a irma mais nova chegava embrulhada num chalé de crochet. Ainda ontem eu acreditava que o Papai Noel fosse atender a todos os meus pedidos, pois eu era uma boa menina. Ainda ontem acreditava que o futuro seria a simples realização dos meus sonhos. Ainda ontem senti medo e segurei na mão do meu pai. Ainda ontem a vó botava o feijão no fogo...

13 comentários:

*Clara* disse...

QUE LINDO!!!Tanta saudade das coisas do que parece que foi ontem, né?

E qtas ilusões desfeitas, e qtas alegrias vividas e qtas coisas deixadas pra trás, mas que se pudéssemos, piscaríamos os olhos e logo as teríamos de volta...

Que saudade de mim, ao ler esse post de hj!!!

perfeito...

Beijo...

Tina disse...

Oi Mariah!

É verdade! Ainda ONTEM acariacei e beijei minha filha e meu netinho. E JÁ hoje - e o dia ainda não terminou - eles estão a mais de 5 mil milhas daqui... e foi ainda ontem que os beijei. Sou saudade.

beijo grande e obrigada pelo carinho.

Renata disse...

ai, o tempo, esse desconhecido.
tudo passa e no entanto, tudo parece sempre "ainda ontem", né?
bjo

Jana disse...

é, realmente parece que as coisas aconteceram ainda ontem

beijos

Alê disse...

Eu gosto de pensar no ontem. A lembrança é uma boa, mas também má companhia.
Amei o texto.
Beijos*

Anunciação disse...

Ainda ontem,comi "roupa velha"que vovó fez batendo com farinha seca no pilão.Trouxeste-me de volta em segundos um pedacinho do passado.Obrigada.

Taísa disse...

Nunca conseguir colocar correias nas bicicletas, tinha que voltas a pé puxando a magricela. Bem Chato.

Que bom que gostou do meu blog, vou linkar o seu assim como você fez com o meu.

Boa sexta.
Um abraço.

cartassemselo disse...

Seu post expressou exatamente como me senti no começo deste quando eu completei 35, e me lembrei dos dias passados que na minha memoria eram como se fosse ontem. As vezes ainda me pego agindo como uma adolescente, fazendo as coisas tipicas dos quinze. A mémoria é uma coisa maravilhosa. Seu post ficou otimo, parabéns!

bjs

Li disse...

Retribuindo a visita. Também gosto da mistura das cores, mas quando as escolho... fica complicado quando as misturas nos são impostas pela vida. Nem sempre as cores oferecidas são as mais pertinentes ou as mais bonitas.
Agora, seu texto é muito lindo! E me remeteu a um passado tão distante... saudade!
Um grande beijo e volte sempre!
Elida

Carlos Wilker disse...

Infância é sempre inesquecível.. e que bom né!

Fictícia disse...

chale de crochê !!!!muito legal !! é lindo chale !

Sabrina disse...

ainda bem que de ontem guarda lindas lembranças!
beijos!

Fabrício Persan disse...

"Ainda ontem acreditava que o futuro seria a simples realização dos meus sonhos."

Amei essa frase !! Verdadeirissima !
é assim q achamos q será nosso futuro quando pequeninos... mera ilusão...rs

ótimo ler suas lembranças ! :D